Paróquia Rosa Mística

Mês: setembro 2016

Minha experiência JMJ 2016

ROSA-JMJ

Queridos Irmãos e Irmãs,

Eu sou o Murilo, um dos coordenadores do grupo de jovens Guardiões da Palavra. Recentemente tive a oportunidade de estar na Jornada Mundial da Juventude em Cracóvia, na Polônia. Hoje tenho a missão de trazer a vocês um pouco do que vivi naqueles dias, um pouco do que foi representar a Paróquia Ns. Sra Rosa Mística, vocês e principalmente todos os jovens da nossa comunidade. Nós, brasileiros, aprendemos uma palavra em Polonês: Dziękuję, que significa gratidão, obrigado. Mas, nós, brasileiros, também ensinamos uma palavra para os poloneses que nos acolheram: Saudade.

Recordando àqueles dias de JMJ tenho um misto de gratidão e saudade. Foram dias inesquecíveis e de emoções indescritíveis, na presença do Santo Padre, o Papa Francisco e em comunhão com jovens de mais de 187 nações. As ruas de Cracóvia foram tomadas pela juventude, todos carregando as bandeiras de seus países, suas histórias, sua fé, seus anseios.

A JMJ é um tempo de encontro, encontro com Cristo a partir do nosso próximo. Na JMJ as barreiras físicas, geográficas, culturais e de idiomas deixam de existir e sobressai a partilha na unidade. Sim, partilha na unidade, porque partilhamos nossas experiências e vivenciamos a unidade da nossa Igreja. É impressionante quando nas ruas você consegue aproximar das pessoas e conversar, dialogar, lá foi o que mais fizemos. Não interessava se eram Brasileiros, Poloneses, Franceses, chineses, enfim, as fronteiras já não existiam. Talvez a JMJ seja o retrato que mais se aproxima de um reino proposto por Cristo, onde as pessoas de fato se fazem irmãos e irmãs umas das outras.

20160728_111507

A presença do Papa Francisco entre nós era a presença de um grande Pastor em meio às suas ovelhas. Em suas homilias ele sempre nos pedia que sejamos jovens ativos, jovens entusiasmados, jovens que querem e vão fazer a diferença no mundo. Foi muito enfático ao nos pedir ação, a nos pedir que lutemos contra o vício da comodidade, que caminhemos sempre com a cabeça erguida, pois só assim poderemos deixar uma marca na vida. E nos disse também que o entristece ver jovens chateados, porque esses são os jovens chatos. O Papa nos pedia Vida, vigor em viver! Suas falas para nós foram recheadas com bom humor e diálogo, o Papa dialogou conosco. Ele nos deu uma aula de gramática, nos ensinou a usar a primeira pessoa no plural, o NÓS.

Fomos convidados e desafiados a ensinar o mundo a construir pontes e destruir muros, fomos lembrados que durante àqueles dias o mundo estava de olhos voltados para nós, jovens. O Papa nos pede que façamos a diferença assim como nós somos, com as nossas vidas. Ele não condenou se nós temos nossos planos pessoais, profissionais, se vamos às festas, se temos uma vida social jovem, pelo contrário, ele quer que nós sejamos sinais do reino assim como nós o somos no meio em que nós vivemos. E mais, disse que isso é apenas para alguns, não para todos, e esses alguns são aqueles que tem a sua fé firme em Cristo e aceita o desafio do amor ao próximo. Nós não podemos aceitar que outros, que não são os melhores, decidam o futuro por nós, precisamos despertar-nos e sermos jovens sociais, políticos e que induzamos uma reflexão e transformação nos meios em que vivemos. E a Misericórdia de Deus tem seu grande valor nesse ponto, a Misericórdia tem sempre o rosto jovem.

Me chamou muito a atenção quando em determinado momento o Papa refletia sobre àqueles que acham que não tem uma vida digna para percorrerem os caminhos que Cristo percorreu, e aí ele disse algo muito tocante: Jesus te projeta no futuro e não em um museu, Ele espera o que você tem a oferecer e não o que já passou. E quais são os caminhos que Cristo percorreu? O Papa também nos instruiu quanto a isso. Os caminhos de Cristo são os caminhos que levam à Cruz, e na Cruz Ele abraçou a solidão, a sede, a nudez, a fome, a fragilidade, a morte. Toda a nossa mazela humana, porém, Ele ressuscitou e vivo está, entre aqueles aos quais olhamos e questionamos a Deus, e nos deu o protocolo do nosso julgamento: Tudo o que fizeres ao Menor destes meus Irmãos é a mim que fazeis. Bonito isso né? Mais bonito ainda quando colocado em prática. Pois bem, queridos amigos, quando o Papa estava próximo a encerrar a JMJ 2016 e anunciar o Panamá como sede da próxima Jornada em 2019 ele nos advertiu. Ele nos disse que a JMJ começaria a partir do final da missa de envio, a JMJ começaria em nossas comunidades.

Quero partilhar com vocês também a beleza da nossa acolhida. No grupo da Arquidiocese de Goiânia éramos cerca de 65 jovens, e ficamos hospedados em casas de famílias em uma vila campesina de pouco mais de 2000 habitantes chamada Spyktowice. Foi uma acolhida de encher os olhos e o coração. Eu fique hospedado em uma casa em que os adotei como a minha família da Polônia. Uma experiência incrível, uma percepção cultural extraordinária Przemek é o filho jovem da família, tem 18 anos e carinhosamente e de maneira bem brasileira o apelidamos de Chamex, aquele nosso papel A4. Thank you Przemek and your Family, Dziękuję and God blessed you.

Eu gostaria de convidar a todos os jovens da nossa paróquia para se integrarem ao grupo de jovens Guardiões da Palavra e participar conosco dos desafios propostos na JMJ 2016. Venham sem medo, nosso grupo é marcado pela amizade e pelo anseio de mudanças em nossa sociedade. Todos os domingos nos reunimos após a missa das 18 horas no centro Pastoral para trocarmos experiências, fortalecermos nossa fé, criarmos laços de amizade e nos formarmos enquanto Cristãos autênticos. Esperamos vocês.

Muito Obrigado Pe. João e a toda a Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística por terem me dado a honra de os representar nessa JMJ.

A Creche Anjo da Guarda conta com a sua ajuda!

aviso

Sua generosa contribuição ajuda a sustentar essa obra.

Confira a lista de alimentos que nossa Creche está precisando:

-Achocolatado em pó;
-Óleo de cozinha;
-Farinha de Trigo;
-Café.

As doações podem ser deixadas na secretaria da Paróquia Rosa Mística na Av. T-10 ou em nosso endereço: Rua 53, Qd.182, Lt.02/05, Bairro Independência Mansões, Aparecida de Goiânia-GO.

Creche Anjo da Guarda – Obra Dom Orione – Fone:3251-8894