Paróquia Rosa Mística

A Paróquia

sobre

Temos muito que agradecer a Deus por ter guiado nossas ações e realizações desde a construção da pequena Capela Nossa Senhora Rosa Mística que, em 25 de março de 2003, foi transformada em Paróquia por Decreto de Dom Washington Cruz, Arcebispo de Goiânia.

Durante estes nove anos, animados pelo Espírito Santo de Deus, vimos a comunidade crescer na prática do amor e na espiritualidade, e buscamos, incessantemente, escutar a Palavra e colocá-la em prática, levando para nossa vida cotidiana a vivência do amor, do perdão e da sabedoria.

A imagem de Nossa Senhora Rosa Mística, sempre presente no altar, ao lado do seu Filho Jesus, tem nos ajudado a perceber e a compreender a presença viva de Deus Pai, Filho e Espírito Santo em nossa vida e em nossa Paróquia. Ela foi trazida para Goiânia pelo Padre Remígio Coraza na década de 80 e instalada no Setor Bueno, local no qual o referido Padre imaginou que Rosa Mística gostaria de ficar.

Graças à ação do Espírito Santo, as dificuldades encontradas no caminho foram, pouco a pouco, se dissolvendo, uma vez que buscamos inspiração no homem prudente que construiu sua casa sobre a rocha, “Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha”.

A presença de Nossa Senhora Rosa Mística nesta Paróquia representa o carinho maternal deste Deus, Pai e Mãe, que caminha conosco e que derrama graças e bençãos, independente de merecimento.

Com alegria, agradeçamos a Deus, Uno e Trino, pelas graças derramadas em nossa Paróquia e em nossas vidas.

Façamos coro à fala de São Luís Orione: “Ave Maria e Avante! Vamos avante, como crianças, rezando e conduzidas pelas mãos de Nossa Senhora! Ave Maria e Avante!”

PASCOM – Pastoral da Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>