Paróquia Rosa Mística

Autor: admin

Sacramento da penitência e da reconciliação

O sacramento da Penitência, ou Reconciliação, ou Confissão, é instituído por Jesus Cristo para apagar os nossos pecados, cometidos após nosso Batismo. É o sacramento da cura espiritual, chamado também sacramento da conversão porque realiza, sacramentalmente, nosso retorno aos braços do Pai depois que nos afastamos com o pecado. É o sacramento da graça de Deus em nossa vida.

No sacramento da Reconciliação, somos convidados a reorientar nossa vida para Deus, de todo coração, a romper com o pecado e mudar de vida. A conversão é obra da graça porque Deus chega antes em nosso coração e nos dá força para começar de novo, o Espírito Santo nos dá a graça do arrependimento e da conversão.

O Papa João Paulo II passou os últimos anos da sua vida pedindo que os católicos pudessem retornar à confissão, inclusive através da Encíclica Ecclesia de Eucharistia: “Sinto a necessidade premente de exortá-los, como fiz no passado, a redescobrir para si mesmos e ajudar os outros a redescobrirem a beleza do sacramento da reconciliação”.

O Papa Francisco, em seu livro O nome de Deus é Misericórdia, afirma que vivemos um tempo oportuno para o retorno à Confissão porque hoje se vive um duplo drama: “perdeu-se o sentido do pecado, e ele é considerado também incurável, imperdoável”. Por isto, a humanidade ferida por tantas “doenças sociais” como pobreza, exclusão, escravidão, relativismo, tem necessidade de misericórdia Deus, que permanece sempre fiel, mesmo que o pecador o renegue.

É preciso voltarmos à confissão, pois o pecado impõe um fardo às nossas costas, é uma violação da finalidade proposta por Deus ao nosso próprio ser.

A rompermos com o pecado, iniciamos um processo de redefinição do nosso ser, a partir da graça de Deus em nós, criando novos hábitos de virtude. “Deus está determinado a libertar os seus filhos da escravidão e conduzi-los à liberdade”, disse o papa Bento XVI. “E a escravidão pior e mais profunda é a do pecado”.

O Papa Francisco recorda que “no diálogo com o confessor é necessário ser ouvidos, não interrogados”. Neste sentido, o sacerdote deve aconselhar com delicadeza. Mas para obter a misericórdia de Deus é importante reconhecer-se pecador, porque “o coração em pedaços é uma oferta agradável ao Senhor, é o sinal de que estamos conscientes de nossa necessidade de perdão, de misericórdia”.

A confissão ajuda a nos conhecer, nos obriga a olhar para as nossas vidas objetivamente. Ensina-nos a separar os verdadeiros pecados dos sentimentos ruins e a nos vermos como realmente somos. O papa Bento XVI afirmou: “A confissão nos ajuda a ter uma consciência mais alerta, mais aberta e, portanto, também nos ajuda a amadurecer espiritualmente e como pessoas humanas”.

E para aqueles que afirmam que na Igreja existe muita misericórdia, o Papa Francisco responde, sublinhando que a Igreja condena o pecado, mas ao mesmo tempo abraça o pecador que se reconhece como tal, fala a ele da misericórdia de Deus. É necessário perdoar setenta vezes sete, isto é, sempre, porque “Deus é um pai cuidadoso, atento, pronto em acolher qualquer pessoa que dê um passo ou que tenha o desejo de dar um passo” em direção a ele, e “nenhum pecado humano, por mais grave que seja, pode prevalecer sobre a misericórdia e limitá-la”. A Igreja, portanto, “não está no mundo para condenar, mas para permitir o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de Deus”.

Deus manifesta seu amor infinito por meio da compaixão e misericórdia; a primeira tem um rosto mais humano. A segunda, por sua vez, é divina. De fato, Jesus não olha à realidade a partir do exterior, como se tirasse uma fotografia, mas deixa-se envolver. Hoje existe necessidade desta compaixão para que, com ela, se possa vencer a indiferença do mundo atual.

A confissão é um encontro pessoal com Cristo, e é Ele quem nos cura e nos perdoa através do ministério do sacerdote. Por isso, temos um encontro pessoal com Cristo no confessionário.

Assim, os efeitos do sacramento da Penitência são a reconciliação com Deus e com a Igreja, a recuperação da graça santificante, o aumento das forças espirituais para caminhar para a perfeição, a paz e a serenidade da consciência com uma viva consolação do Espírito.

Quem tem dificuldades para confessar-se deve considerar que o sacramento da Penitência é um dom maravilhoso que o Senhor nos deu. No tribunal da Penitência, o culpado, se arrependido, jamais é condenado, mas sempre absolvido, pois quem se confessa não se encontra com um simples homem, mas com  Jesus, o qual, presente em seu ministro (sacerdote), como fez um tempo com o leproso do Evangelho, também hoje nos toca ou nos cura; e, como fez com a menina que jazia morta nos toma pela mão repetindo aquelas palavras: “Talita kumi, menina,  eu te digo, levante-te!”. “Vai-te e não peques mais”, com essa expressão Jesus despede a pecadora que não foi condenada, e nos apresenta o grande amor do Senhor, compaixão e perdão para com os pecadores.

O Papa Francisco no seu livro O nome de Deus é misericórdia, afirma que “A Igreja não está no mundo para condenar, mas para promover o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de Deus. Para que isso aconteça, é necessário sair. Sair das igrejas e das paróquias, sair e ir à procura das pessoas por onde elas se encontram, onde sofrem, onde esperam”. Saiamos ao encontro das pessoas, mostremos a importância desse rico sacramento. Saiam da sua realidade de conforto e pecado e procurem na, confissão, a santificante Graça de Deus.

COMUNICADO MISSAS PRESENCIAIS – Celebração Eucarística Domingo, dia 26/04 às 10h, 17 e 20h.

BANNER-COMUNICADO-MISSAS-PRESENCIAISComunicado

 

Queridos irmãos e irmãs,

 

A Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística, em sintonia com as orientações de nossas autoridades eclesiásticas, civis e sanitárias, informa:

 

  • Celebração Eucarística, no Domingo, dia do Senhor, com presença restrita de fiéis nos seguintes horários: 10h, 17h e 20h;

 

  • Atendendo as determinações quanto ao distanciamento mínimo entre pessoas (2 metros), serão disponibilizados 200 lugares.

 

  • Para participar é necessário agendar ligando na secretaria da Paróquia (3285-5720) até as 18h do sábado dia 25/04. Para os próximos domingos as inscrições acontecerão até às 12h do sábado. Alcançado o limite de pessoas por missa será disponibilizado o horário que ainda tenha vagas.

 

  • Transmissão pelas redes sociais da Santa Missa das 10h;

 

  • Crianças menores de 12 anos, os fiéis com mais de 60 anos e aqueles que são de grupos de risco ou que sintam que possam colocar outros fiéis em risco de saúde por sua presença numa celebração, permaneçam em oração em suas casas e continuam dispensados do cumprimento do preceito dominical neste período(cân.1246-1248 §2);

 

  • Será medida a temperatura individual de cada fiel, com termômetro infravermelho e aqueles que apresentarem quadro febril não poderão participar da celebração;

 

  • Os fiéis inscritos deverão chegar à Igreja com 30 minutos de antecedência para os procedimentos de verificação de temperatura e higienização. 
  • Evitar aglomerações na entrada e contato físico (abraços e cumprimentos);

 

  • As máscaras serão de uso obrigatório;

 

  • Serão disponibilizados álcool em gel 70% para a higienização das mãos e solução de água sanitária de 1% para a limpeza dos calçados;

 

  • Antes da distribuição da Sagrada Comunhão, recomendamos aos fiéis, ministros e sacerdotes que higienizem as mãos. A Comunhão seja recebida unicamente nas mãos. Continua suspensa a comunhão sob as duas espécies;

 

 

Orientações expediente paroquial

 

  • A secretaria paroquial permanecerá aberta de segunda a sexta-feira no horário das 9h às 12h e de 13h às 16h e no sábado de 9h às 12h;

 

  • Durante a semana, o atendimento das confissões acontecerá das 10h às 11h e das 14h às 16h. Os atendimentos acontecerão mediante agendamento;

 

  • Todas as reuniões de pastorais, formações e demais eventos em nossa paróquia continuarão suspensos;

 

  • As celebrações dos sacramentos do batismo e do matrimônio sejam transferidas para um tempo oportuno. Em relação ao matrimônio, não sendo possível a transferência do mesmo, que seja celebrado com 150 pessoas no máximo.

 

Pedimos a compreensão de todos. Sabemos que a violação destas exigências pode acarretar sérias penas por parte de nossas autoridades. Continuemos unidos espiritualmente, promovendo pelas redes sociais alguns momentos de oração em comum. Que Deus abençoe as famílias de cada um de vocês e, em particular, a nossa paróquia.

Pe. Eduardo Seccatto Caliman

Pároco

ARRAIA ROSA MÍSTICA 2019

O Arraiá da nossa Paróquia foi um sucesso! De 27 a 30 de junho, fizemos uma festa muito abençoada para toda a família. Confira os registros.

 

Festa Junina – Creche Anjo da Guarda

A festa Junina de nossa Creche Anjo da Guarda, aconteceu no dia 15 de junho, com a presença de nosso Pároco Padre João de Bona, nossas crianças, seus familiares e funcionários.

Patrocinadores:

• Espetinhos Mais Sabor.
• Michael Souza Fotografias.
• Hellen Cristina Gastronomia Araguaia.
• Faculdades Araguaia.
• Dudu Burgs Sanduicheria.
• Casa Verde Comida Caseira do Celio e Bianca Campos.

Agradecemos pela contribuição de cada um para o brilhantismo de nossa festa. Deus os recompensarão.

Sopão Mensal Casa de Caridade e Cidadania Rosa Mística

No dia 27 de abril de 2019 o ECC Encontro de Casais com Cristo com a participação especial do Movimento dos Vicentinos realizaram o sopão mensal na Casa de Caridade e Cidadania Rosa Mística.⠀

Creche Anjo da Guarda – Aniversariantes do mês

No dia 26 de abril, aconteceu a comemoração dos aniversariantes do mês em nossa Creche Anjo da Guarda. Uma ação de nossa Pastoral Familiar coordenada pelo Casal Eduardo e Flávia.

SEMANA SANTA – 20 de abril de 2019

Registros do dia 20 de abril de 2019. Celebração do Sábado Santo.

SEMANA SANTA – 19 de abril de 2019

Registros do dia 19 de abril de 2019. Celebração da paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, adoração da cruz, Comunhão e Procissão na Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística.

 

SEMANA SANTA – 16 de abril de 2019

Registros do dia 16 de abril de 2019. As sete dores de Maria e a Procissão do Encontro na Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística.

Reunião na Casa de Caridade

Neste sábado, 13 de abril de 2019, foi realizada  mais uma reunião com  as famílias  assistidas  pela Casa de caridade N.S Rosa Mística no setor independência mansões. Desta vez  foi  proferida pelo paroquiano  Sérgio Repolho,  com o tema  PÁSCOA  CRISTÃ, uma excelente reflexão.  Na ocasião  foi  servido  um lanche  diferenciado  oferecido pelo mesmo.