Paróquia Rosa Mística

A IGREJA ANULA CASAMENTO?

A IGREJA ANULA CASAMENTO?

Esta pergunta voltou a circular na mídia após a divulgação de um decreto do Papa Francisco determinando maior agilidade, menores prazos e custos para a declaração de nulidade de um matrimônio.

Primeiramente, precisamos fazer duas distinções importantíssimas. A primeira é: declaração de nulidade não é anular.

O sacramento do matrimônio é indissolúvel, é para sempre, então não pode ser anulado. São palavras de Jesus: “o que Deus uniu, o homem não separe”.

O casamento elevado à dignidade de Sacramento – simbolizado pelas alianças – é constituído pelo pacto conjugal, Pelo qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão para toda a vida. A própria união do homem e da mulher e o bem dos filhos exigem a perfeita fidelidade dos cônjuges e a sua indissolúvel unidade.

Para que os noivos recebam validamente o Sacramento do Matrimônio com as graças correspondentes, as exigências são muitas. Não basta apenas a cerimônia religiosa. Exige-se a fé e aceitação de todos os trâmites, inclusive jurídicos, ou seja, o processo matrimonial fundamental é a liberdade e vontade, a promessa de amor e fidelidade por toda a vida e a aceitação dos filhos. Estas exigências são expressas em forma de perguntas – muito sérias – feitas na cerimônia religiosa, e respondidas pelos noivos diante de familiares, testemunhas e/ou padrinhos.
Portanto A Igreja não anula o casamento – sacramento do matrimonio.

O que é então DECLARAÇÃO DE NULIDADE?

É a comprovação – atestada num documento com valor jurídico – emitido após um cuidadoso processo, de que não se realizou um Sacramento. Ou seja, mesmo que tenha havido a cerimônia religiosa na Igreja, não haviam as condições necessárias para a recepção do Sacramento por parte de um dos noivos.
A hierarquia da Igreja para o bem de um dos cônjuges que deseja receber o Sacramento do Matrimônio emite o documento – DECLARAÇÃO DE NULIDADE – possibilitando o casamento religioso. Ou seja, não é que a pessoa case outra vez. Ela receberá pela primeira e única vez o Sacramento do Matrimônio. Neste caso, o casamento anterior foi nulo, não existiu.

Esclarecidas estas questões, digamos uma palavra sobre os casais, que por vários motivos, mesmo tendo recebido o sacramento do matrimônio se separam e assumem uma nova união séria.

As palavras do Papa Francisco foram muito claras numa audiência geral das quartas-feiras no Vaticano: os casais separados que vivem uma segunda união séria não são excomungados e não estão fora da Igreja.

O Sínodo sobre a família, a ser realizado em outubro no Vaticano, sem dúvida trará luzes e orientações para todos os cristãos católicos e para todas as famílias do mundo.

Pe. João de Bona Filho – Pároco –

One comment on “A IGREJA ANULA CASAMENTO?

  1. fernanda lima disse:queridos lued e pat fotos lindas de um casnteamo lindo e maravilhoso,amei ter participado dessemomento fanico. Eu e todos da nossa familia desejamos uma vida a dois muito abene7oada. Pat que voce seja a esposa que seu marido espera. Lui que voce meree7a essa esposa. Beijos mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>